Teste garante rapidez no diagnóstico da leptospirose

Foram examinados pacientes internados no Hospital Couto Maia, centro de referência em doenças infecciosas em Salvador.

Um grupo de pesquisadores, liderado por Guilherme Ribeiro, da Fiocruz Bahia, avaliou a precisão de diferentes exames diagnósticos da leptospirose, incluindo o teste capaz de dar o resultado em apenas 20 minutos. O estudo concluiu que o teste DPP (Dual Path Plataform/Plataforma de Caminho Duplo) apresentou o desempenho em diagnosticar corretamente, de maneira mais simples e rápida, casos da doença, especialmente em relação a outros testes, a exemplo do ELISA-IgM. 

Para embasar a pesquisa, foram examinados 98 pacientes internados no Hospital Couto Maia, centro de referência em doenças infecciosas em Salvador, que atende a cerca de 90% dos casos de leptospirose na capital e região metropolitana. O grupo de estudiosos é composto por representantes da Fiocruz Bahia, do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (UFBa), da Escola Médica de Harvard (EUA) e da Escola de Saúde Pública da Universidade de Yale (EUA). Resultados da pesquisa podem ser encontrados neste artigo

Fonte: Fiocruz Bahia




Publicado: Quinta, 28 de Junho de 2018.

VOLTAR